segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Tristezas da minha infância

Sou do tempo das réguadas, quando não parava quieta, me virava para traz na sala de aula  para falar...falar...a professora a chamar-me  e nem a ouvia. Era à frente de toda a gente que ela me dava umas valentes  réguadas.  Outras vezes virava-me para a parede, num canto da sala, eram castigos   humilhantes e nada pedagógicos. Eram violentos, digo mesmo!
Lembro-me que a professora punha umas orelhas de burro feitas em cartolina  na cabeça, quando dávamos muitos erros no ditado ou não sabíamos as contas.
E vocês têm episódios menos bons onde a protagonista era a vossa professora?
Como eram os castigos na vossa escola?


17 comentários:

  1. xihhh as orelhas de byrro, tambem aconetceu na minha sala :)

    ResponderEliminar
  2. Até era boa aluna, apesar de preguisoça.

    Não dava erros e era quase sempre eu quem ia ao quadro corrigir as asneiras dos colegas.

    No entanto, há uma situação que ficou gravada na memória. A única vez que levei reguadas, e foram logo 15!!

    Andei na brincadeira a tarde toda, e "ordenei" à Maria da Luz, a rapariga que cuidava de mim enquanto minha mãe trabalhava que me fizesse a cópia.

    Apesar da boa vontade dela, a letra era completamente diferente e...deu erros na cópia.

    Resultado? Castigo!

    Queixei-me a meus pais...mais valia ter ficado calada...voltei a apanhar com um vime nas canelas. LOL

    ResponderEliminar
  3. Eu não passei por essa experiência porque uma parte dos meus estudos foi em Paris onde morava em pequena. Não haviam reguadas, mas podiamos ficar de castigo em pé em frente ao quadro, não ir ao recreio. Mas o meu marido e muitas primas minhas levaram algumas.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  4. eu levei uma reguada porque dei três erros no ditado :(

    mas acho que foi o único episódio mau..

    kisses***

    ResponderEliminar
  5. Eu levei muitas reguadas e cheguei a levar estalos da minha professora. A senhora era muito mázinha :s

    ResponderEliminar
  6. Não sou desse tempo, embora tenha apanhado uma ou outra reguada.
    Mas em casa apanhava bem, não fosse um reguila de primeira apanha eheheheh

    Acho que a nível de educação passámos do 8 para o 80...

    ResponderEliminar
  7. O meu era a bolinha preta de mau comportamento e ficar sem intervalo :)

    ResponderEliminar
  8. Eu era só mesmo reguadas...e na quarta classe, "muito pedagogicamente" a minha mãe foi minha professora e levava mais que os outros todos!

    ResponderEliminar



  9. Também sou do tempo, das reguadas. Frequentei um colégio de freiras ( a minha professora não era), um dos episódios, presentes na memória. Quando as crianças faziam algo de errado, as freiras…levavam os meninos (a) outras salas.

    Para tristeza da minha mãe…deseja que a filha aprendesse piano…as aulas eram efetuadas pelas freiras. Quando me engana…palmada nas mãos! Não quis mais aulas!

    Boa semana.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Além dos que já descreveste a minha professora colocava, quem desse mais de 3 erros ortográficos ,virado para a parede do corredor onde passariam todas as crianças ao irem para o recreio, com o caderno preso com uma mola nas costas da bata para que todos vissem os erros dados.

    Era uma humilhação!

    Nunca me aconteceu, mas sempre me incomodou!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Na minha escola? Mas eu não tive, nunca, uma escola. Frequentei sim uma na então chamada instrução primária e depois uma outra no resto do ensino.

    Existiam castigos. Mas apenas na primária porque mais tarde nada disso acontecia.

    Reguadas: só uma vez levei cinco por estar na palheta com a miúda do lado.
    Castigo maior era o virar um aluno contra a parede. Nunca me tocou coisa semelhante. Acho que a professora gostava de mim :):):)

    Ah, mas não se registavam muitos castigos porque nós éramos fixes.
    :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Uiii também sou desse tempo, apanhei algumas vezes e era uma tortura!

    ResponderEliminar
  13. Sempre fui boa aluna... e mesmo quando me portava mal, não era castigada. :P

    ResponderEliminar
  14. ahahha lembro-me tão bem das orelhas de burro..... :P que horrorrrrrrrrrr e das reguadas tambem...
    felizmente so apanhei essa professora um ano ;)
    beijinho mana

    ResponderEliminar
  15. Tambem sou do tempo das reguadas, lembro-me de aquecer as maos esfregando nas pernas para nao dor tanto e depois arrefecer as maos na estrutura da mesa que era de ferro... ai do que me foste lembrar
    bjinhos

    ResponderEliminar
  16. Concordo com uma reguada dada com moderação. Não é agradável mas não é o fim do mundo e evitava tanta indisciplina que prejudica tanto a aprendizagem.

    A minha professora também usava a régua. Nunca a vir dar mais de duas por aluno nem vi ninguém chorar. Quase não doiam mas persuadia.

    Na sala de cima era outra conversa. Todos os dias era um festival. Eram tantas, tantas e com tanta força que ainda estou para perceber como é que as crianças aguentavam. A isso chamo espancamento e é um crime.

    ResponderEliminar