terça-feira, 7 de maio de 2013

Depois de as famílias terem perdido a esperança de as encontrar com vida

Três mulheres viviam na mesma casa sequestradas há mais de 10 anos.
Uma conseguiu pedir ajuda ao vizinho, chamando a policia e libertando as outras duas.
Foi um momento de descuido por parte de quem as mantinha sequestradas ao deixá-las sozinhas.
As famílias dizem que é milagre, eu também acho que ainda há milagres.


16 comentários:

  1. Estive a ver nas noticias e deve ter sido uma grande alegria para elas e para as famílias. Ainda acontecem coisas boas.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  2. Imagino o que deve ter sido...estes anos, é tudo muito estranho...mas ainda bem que elas apareceram

    ResponderEliminar
  3. Sim, parece milagre. Não consigo é imaginar a vida delas agora, depois de estarem 10 anos longe de tudo. Espero que encontrem as ajudas certas para poderem voltar à realidade com calma.
    beijinho

    ResponderEliminar

  4. Fico-me a pensar na alegria da libertação, as também nas cicatrizes que lhes ficaram para sempre.

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  5. È quase incompreensível como uma situação destas se consegue manter durante tanto tempo sem ninguém descobrir e leva-me a pensar quantos outros casos haverá por aí!!!
    Bjs~
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Bolas, é mesmo impressionante este caso!!! 10 anos é uma vida enorme, só de pensar fico horrorizada :( Bjs

    ResponderEliminar
  7. Acontece o impensável, não é um caso virgem mas deixa-nos pasmados com é possível estar em cativeiro tanto tempo, também nos deixa a pensar sobre os instintos do ser humano.
    ag

    ResponderEliminar
  8. Bem, eu ando mesmo completamente à toa... Não sabia desta noticia! Mas ainda bem quer terminou bem ;)
    E fica-se a pensar muito... Ohhhh se se fica!

    ResponderEliminar
  9. Graças a DEus, foram libertadas.


    Esperemos que quem as martirizou não fique impune nem tenha uma pena ridícula.

    Saudações felinas.

    ResponderEliminar
  10. Fiquei impactada com esta notícia hoje. Também me gerou diversas indagações sobre o caso.

    ResponderEliminar
  11. Momento feliz para as suas vidas já de si estragadas..

    ResponderEliminar
  12. Fico feliz por saber da libertação mas fico ainda mais feliz por pensar que depois de tanto tempo em cativeiro não conseguiram destruir-lhes a capacidade de ter esperança e continuarem a lutar e a tentar libertar-se!

    ResponderEliminar
  13. que nó no estômago que estas notícias causam...

    ResponderEliminar