sábado, 21 de dezembro de 2013

Um fim de semana cheio de esperança


5 comentários:

  1. ¨♥*✫♥. ¨♥*✫♥.

    Feliz Natal e Boas Festas com muita harmonia e saúde!

    Beijinhos
    Susana

    ResponderEliminar
  2. Esta também é uma das minhas preferidas!
    A que publiquei no meu blog também tenho o disco em vinil, ainda a ouço porque tenho gira-discos, velhinho, mas nos trinques.

    Bom fim de semana

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  3. Bem… eu nem sei como começar isto. Foi giro, foi engraçado, passei uma tarde a desejar feliz Natal a muita gente “fixe”, a alguma gente “menos fixe” e aquilo que começou como um ataque de “diarreia cerebral” acabou por me divertir muito e, mais importante, acabou por divertir mais pessoas do que alguma vez imaginei. Ou imaginei porque, modéstia à parte, eu sei que quando sou espontâneo tenho alguma piada. A minha dificuldade é mesmo manter esta espontaneidade tempo suficiente para aguentar de pé uma personagem que surgiu assim, do nada. Foi mesmo num ataque de parvoíce.
    Minhas caras amigas (pois parece que, mais uma vez, só as raparigas deram o corpo ao manifesto), lamento informar que este blog não passou de uma partida de Carnaval em plena quadra natalícia. Eu tenho outro blog, outra identidade e às vezes uma grande falta de senso que nem sempre resulta tão bem quanto esta experiência.
    Por isso estou aqui, desta vez para desejar um Natal muito feliz a todas aquelas que não só aceitaram a brincadeira, como retribuíram o comentário. Foi pena que nem toda a gente tivesse encarnado o espírito da brincadeira. Amuaram, não se divertiram e algumas devem ter-se sentido tão ofendidas, que apagaram o comentário. Portugal é mesmo assim, um país em crise, com índices de pobreza muito acima da média europeia, mas a maior pobreza de que este povo padece, é de pobreza de espírito. Quanto a isso, não há “mãe natal” que nos valha.
    Também reparei que alguns comentários que aqui deixaram, foram feitos por pessoas que não receberam a minha visita, pessoas que de algum modo descobriram o blog e acharam que valia um comentário. Para elas vão também os meus agradecimentos e os votos de um bom Natal.
    Como afirmei, este blog nunca foi um projeto sério. Nunca foi sequer um projeto e eu próprio não tenho “pedalada” para manter dois blogs ao mesmo tempo. Por isso esta experiência termina aqui, mas eu vou continuar a andar por por aí.
    Muito obrigado por me terem feito feliz.
    Beijinhos da tia Mary.

    ResponderEliminar