sábado, 17 de agosto de 2013

Judite julga na praça pública

Jovem de 22 anos teve categoria e poder de encaixe com as observações  da conceituada jornalista  Judite de Sousa

7 comentários:

  1. Aqui vai bomba: Só a cara de nojo da D. Judite já fez com que fosse um sacrifício ver a entrevista até ao fim, mas fi-lo para poder falar. Quem é essa senhora que num país em crise e com gente a morrer à fome aceita ganhar 25 ou 30 mil euros ou mais não sei nem me interessa por mês?!?!?!? Que merda de "jornalista" faz um entrevista com o juízo de valor já feito à cerca do entrevistado?!?!?!?!? É por estas e por outras que o jornalismo português é o que se vê...desculpa o meu excesso, mas fiquei mal disposta.

    jinhosssssssss

    ResponderEliminar
  2. Judite de Sousa confirmou, repito, confirmou o seu lado negro. Que é enorme.
    Chama-se a isto jornalista/entrevistadora?
    Eu chamo-lhe idiota. Pura e simplesmente.

    ResponderEliminar
  3. Um entrevista lamentável, conduzida por uma jornalista excessivamente inquisidora sem qualquer profissionalismo e isenção!

    ResponderEliminar
  4. QUe estupida e o que ela faz para ajudar o vizinho que nao pode pagar a conta da agua de da luz ao fim do mes? sim ela tambem pode ajudar nao ganha propriamente o ordenado mimimo.
    Fiquei-lhe com uma raiva... lol
    mas o miudo esteve muito bem sim senhor.
    bjoo

    ResponderEliminar
  5. Foi constrangedor! Ela no seu pior!

    ResponderEliminar
  6. Não gostei. Ela ajuda alguem? Com o dinheiro que ganha deve muito à sociedade, ajude-a. Agora o rapaz tem culpa de ser rico? Até fez muito bem veio viver para Portugal, deu cá uma festa cara?
    Quem lá trabalhou ganhou dinheiro, quem alugou o espaço, enfim o dinheiro ficou no pais, ainda bem que ela não me desiludiu pois eu já não gostava da bicha...

    ResponderEliminar