sábado, 26 de janeiro de 2013

Quando morre um filho, os pais morrem com ele.



19 comentários:

  1. É para mim a pior das dores que alguém pode sentir!

    ResponderEliminar
  2. Acredito que sim...nem gosto de pensar, deve ser doloroso.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Nunca tive filhos, mas deve ser a pior das dores...

    ResponderEliminar
  4. ... perde-se o futuro.



    O teleférico existe há pouco mais de um ano.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Hey, então!!! Não me assustes com títulos destes! Vem mas é aqui agora a correr dizer-me que está tudo bem com as três princesas.

    ResponderEliminar
  6. mary - querida fica tranquila que nada de se passa de diferente na minha casa.
    Mas hoje falei com uma mãe que perdeu o seu filho e a senhora estava morta por dentro e isso mexeu muito comigo.
    Mas sim vou já mudar o espírito do blog.
    beijinhos querida.

    ResponderEliminar
  7. Deve ser uma dor terrível que infelizmente muita gente passa por ela.

    ResponderEliminar
  8. é muito triste... vi uma coisa nas páginas da vida que mexeu comigo... quando o nosso marido morre ficamos viúvas, quando é o contrário, ficam viúvos... quando os filhos perdem os país, ficam órfãos... mas quando os país perdem um filho... não existe uma palavra para descrever tal coisa... talvez por isso mesmo, por ser uma dor inimaginável... que só quem passa por isso, pode saber o quão doloroso é...

    ResponderEliminar
  9. Não consigo quantificar semelhante dor, acho que nenhum pai ou mãe está preparado para tal...ai menina no que tu me fizeste ficar agora...faxabor de colocar uns posts de coisas giras para eu distrair o pensamento...

    ResponderEliminar
  10. Não sou mãe, mas a minha mãe costuma dizer que "a dor de perder um pai é enorme, mas a dor de perder um filho deve ser como morrer com ele um bocadinho todos os dias".

    ResponderEliminar
  11. Não há com certeza dor maior no Mundo!

    ResponderEliminar
  12. Infelizmente acompanho todos os dias a dor de uma mãe que perdeu um filho,é a minha querida mãe!!

    Não é possivel descrever tal dor!!

    ResponderEliminar