quarta-feira, 26 de junho de 2013

E estamos em contagem decrescente

E é já no fim da semana que ela parte para terras de Vera Cruz.
Todos os dias o coração fica um pouco mais pequeno, separar-me da minha filha é das coisas que mais me vai custar.
Tenho imensas dúvidas que ninguém mas pode  tirar, só o tempo responderá a todas essas questões.
Tenho medo que não saiba cuidar dela, não seja  consequente, tenho medo pela situação que agora por lá se  vive.
Vejo-me no aeroporto a despedir-me dela e correm imagens de quando ela era pequena,  quando a deixava na escola corria e agarrava-se a mim e dizia que não queria ir, festas que era convidada pelos amiguinhos, na hora de ficar dizia que não queria, sei que isso não vai acontecer, até porque se tornou numa menina forte e determinada, mas não  consigo  parar de ver essas imagens e parece que é isso que vejo, na despedida no aeroporto.
A minha razão pensa uma coisa e o coração outra.
Tudo isto é uma patetice,  desculpem o desabafo, o coração de mãe é frágil e inseguro.
Temo pela segurança e bem estar dela, mas tenho muita fé que tudo vai correr pelo melhor, pode parecer uma contradição mas afinal o que é coração e a razão a pensarem ao mesmo tempo?




17 comentários:

  1. :))

    eu estou indo....mas já estou voltando!!!! :)
    isto vai passar a correrrr : )

    J*

    ResponderEliminar
  2. Compreendo-te totalmente. Não tens do que pedir desculpa, o meu coração fala assim também. Eu sei que nesta hora não queres saber, mas tenta ouvir a razão: Vai correr bem!

    Grrrr...já escrevi e apaguei 3 ou 4 vezes...nenhumas parecem ser as palavras certas. Miga...Abrajinhosssssss Mil

    ResponderEliminar
  3. É um enorme passo na vida da tua filha e é super natural que temas pelo bem-estar dela principalmente agora que ela vai estar tão longe. Mas tudo vai correr bem porque mesmo que ela cometa alguns erros, isso só irá fazer com que ela cresça e ela vai sempre lembrar-se tudo o que lhe ensinaste ao longo da vida. E vais ter noticias e vê-la todos os dias, graças à internet a distância parece que fica bem mais pequenina :) Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Não tenho filhos, pelo que não sei o que é o coração de mãe, mas perante as tuas palavras, deixa-me apenas dizer-te... FORÇA!

    ...e dar-te uma turrinha (ainda que virtual) - não resolve nada mas conforta!

    ResponderEliminar
  5. Amiga entendo-te muito bem, no teu lugar estaria igual.Mas vais ver que vai tudo correr bem, temos de pensar assim...Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  6. Esse coração deve estar tão pequenino ( e o dela tenho a certeza que também estará). Miminho querido

    ResponderEliminar
  7. Ai esse coração...ainda salta pela boca :)
    A vida é isto mesmo: sofrer pelos filhos! Mas tens de ter confiança na Benjamin e tudo vai correr bem :)

    ResponderEliminar
  8. O que vale é que o teu 'check up' correu bem.

    Coração ao largo.

    Vai correr tudo bem.

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Minha mãe é exatamente assim! Toda vez que viajo, parece que uma parte dela se vai, junto. Não entendo muito bem sobre amor de mãe, porque não tenho filhos, mas já consigo imaginar, afinal, quem tem útero, já sente alguma coisa.

    ResponderEliminar
  10. Bem aventurado aquele que já consegue receber com a
    mesma naturalidade o ganho e a perda, o acerto e o erro,
    o triunfo e a queda.
    De todas as minhas conquistas a maior delas são os meus amigos,
    e amigas.
    De sorriso puro no rosto de uma criança.
    Acredite na fé, mais força, na esperança e na razão.
    Descubra-se , ame-se, perdoe-se!
    Viva intensamente
    a cada Dia da sua vida.
    Que seu Dia seja de infinita paz ,
    viaje comigo tenho certeza ,
    que se sentira muito feliz.
    Beijos paz e muito amor pra você.
    Evanir.
    Querida fiquei muito emocionada ao ler sua postagem.
    Meu coração de mãe vive sofrendo duras penas nessa vida.
    Logo basta dizer fui bisavó prematuramente isso levou me a ficar ainda mais frágil .
    Pode ter certeza como mãe , avó e bisavó sofre pelas 3 gerações apenas um sofrimento de amor e preocupação.
    Muito feliz estou seguindo seu blog.

    ResponderEliminar
  11. Fica tranquila que vai dar tudo certo. Estamos aqui e sabes que pode contar.

    Beijos em toda família. Boa viagem para tua princesa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carolina as tuas palavras me acalmam.
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Os filhos ganham asas e aprendem a voar, as mães continuam a ser sempre "galinhas" que temem pelos seus voos.
    Força e otimismo ajudam!

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Coração de mãe é assim!
    É um pouco de nós que parte!
    Vais falar com ela todos os dias e isso ajuda.

    Tudo vai correr bem e pensa que o tempo voa. Breve estará de volta.

    Força!

    Beijinhos e um abraço!

    ResponderEliminar
  14. Calculo que nada do que te poderei dizer irá acalmar-te, por isso fica apenas o meu desejo de que corra tudo bem. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  15. Sei que e' dificil mas faz parte, esta a ganhar asas e voar, mas vai para um pais maravilhoso, cheio de vida... eu ia para o Brasil agorinha mesmo lol
    bjinhos e descansa coracao de mae

    ResponderEliminar
  16. O país com futuro, uma país irmão, um país onde ela vai sentir-se bem, com certeza.
    Coração de mãe bate!

    ResponderEliminar