segunda-feira, 3 de junho de 2013

E chegámos a junho

O mês que eu não queria que viesse, o mês que me vai deitar para baixo e me vai fazer deitar as lágrimas que jamais vou esquecer.
Está em contagem decrescente a sua partida, nem quero pensar quando a vir fazer a mala.
É com ela que mais me zango, mas é com ela que me encontro, é a filha que manda 500 sms por dia, para saber como estou,  onde estou e a fazer o quê.
Vou sentir a falta do perfume que deixa de manhã ao sair, da musica que ouve no portátil enquanto eu vejo tv e não me deixa ouvi-la, da roupa que fica desarrumada todos os dias em cima da cama, secretária e cadeira, de me dizer que a sopa não estava boa, porque estava mal passada, vou ter saudades da companhia que ela me faz todas as noites, as irmãs chegam tarde ela é a que chega mais cedo e janta comigo.
No fim do mês quando a levar ao aeroporto tenho de pensar que ela vai ali a Madrid ou Paris como faz tantas vezes.
Não aguento pensar que tenho um oceano a separar-nos e 10 horas de avião, uma eternidade.


38 comentários:

  1. Vai doer muito amiga, mas de cada vez que te doer, vais pensar no bem que lhe estás a proporcionar e logo a seguir já te vai doer um pouco menos. Estarei sempre aqui a tentar preencher os teus buraquinhos e a enxugar a tua lágrima, sempre que me quiseres, o meu ombro e o meu abraço, são teus!

    Jinhosssssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão bom sentir que tenho um ombro amigo mesmo que virtual, obrigada e beijinhos apertados.

      Eliminar
  2. Imagino como andas.

    É um pedacinho de ti que voa!

    Deixo-te um beijo e um abraço apertadinho!

    ResponderEliminar
  3. As tuas palavras demonstram o verdadeiro amor de mãe.
    Querida Amiga da Onça, isto é a vida a desenrolar-se de forma normal, mas vai tudo correr bem!!! (e qualquer dúvida já sabes...)
    Muita FORÇA!!! Nada de te ires abaixo, para que a benjamim viaje tranquilamente e sem essa preocupação :)
    Boa semana!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por cada uma das tuas palavras, sei que são todas muito sentidas, e recebo-as no meu coração.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Vejamos as coisas pelo lado positivo ! :)))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O lado positivo é só o dela o meu é de tristeza, mas ok entendo o que queres dizer.
      Beijo

      Eliminar
  5. Um abraço muito muito forte de mãe para mãe...sem palavras que palavras não são precisas...!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria senti-me abraçada, obrigada e beijinhos

      Eliminar
  6. :( Mas pode ser que consigam falar com frequencia com o skype ou assim. É por muito tempo? Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro o skype vai ser o nosso melhor amigo.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. ... menos mal que vivemos na época da tecnologia e existe o skype - vá lá, pensa assim, senão perdes as pintas, Onçazinha! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ás vezes a onça é mais gata que onça, lol
      Obrigada e beijinhos

      Eliminar
  8. Imagino que seja um momento difícil. Mas tens de pensar que será bom para ela.

    Há tantas formas de ires matando as saudades! :) Usa o skype, bem sei que não é a mesma coisa, mas ao menos podes sempre vê-la!

    Força, amiga!
    Estou por aqui para o que precisares!
    Beijinhos e pensamento positivo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim o skype vai ser um grande aliado e se possível todos os dias.
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Vais conseguir ser forte! Força! Bjinhos

    ResponderEliminar
  10. Trata-se de um futuro que se quer bom.
    A distância vai encurtando à medida que o tempo vai passando.

    Bjs e boa sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não tinha visto por essa perspectiva, mas é um alento, sim.
      Beijinhos e obrigada pelas palavras

      Eliminar
  11. É tão difícil a separação...compreendo-te perfeitamente, mas temos que lhes dar asas para voarem e procurarem os seus sonhos.
    Felizmente que a época é outra, e, hoje existem maneiras de se combater um pouco a saudade.
    Tudo de bom para ela, Felicidades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ajudo-a a voar mas que me custa, lá isso custa.
      Obrigada amiga

      Eliminar
  12. Só posso imaginar o sentimento...
    Vai tudo correr bem :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acredito que vai correr tudo bem.
      Beijinho

      Eliminar
  13. Há-de correr tudo bem. As mães sofrem sempre quando os filhos dão às asas e voam. Tens de pensar que vai ser bom para ela. Felicidades. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que vai ser bom para ela, mas para mim tenho dúvidas, lol.
      Beijinho

      Eliminar
  14. Então que desânimo é esse???
    Anima-te que vai ser muito bom para ela e tu tens de te entreter com algo...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga não è desanimo são jà as saudades que se estão a aproximar.
      Beijinhos apertados

      Eliminar
  15. o meu mês :)
    vais ver que corre melhor do que esperas

    ResponderEliminar
  16. Estou a ver que este post teve muitos comentários!:)

    Mas passo a explicar: quem vai sair do conforto sou eu.. eu é que vou ao "desconhecido". Tu ficas aqui rodeada da família..não há motivo para estares/ficares "triste" pq se isso acontecer vais ter sp alguém para te alegrar! :) Eu é que nem tanto..lol Mas para isso é que temos o Skype, e as SMS's, e o Whats'up, e os e-mails e até os tlmveis!! :)

    Vai passar rápido (espero!!!)

    bjsss

    J*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não foste e jà desejo o teu regresso.
      Beijinhos e muitos

      Eliminar
  17. Este Oceano é de uma imensidão injusta, bem sei.

    Estou cá para o que precisarem.

    Beijos queridos nas duas.

    *tudo dará certo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada Carolina!!!:)

      bjs, Joana

      Eliminar
  18. Como percebo esse sentir também tenho um filho com essa distância e separar-nos e vai para 4 anos e não me habituo mesmo sabendo que está bem e tem uma carreira profissional que aqui com a idade dele nunca teria,foi ele que saíu da zona de conforto,por isso rendo-me , é o meu herói! Anima-me a coragem dele apesar de um Oceano de 10h30m separar-nos. :(. Tenho muito orgulho no meu herói! Saíu menino e hoje vejo um Homem independente e cheio de valor profissional e moral.
    Força, pensamentos positivos !! Afinal o que desejamos para eles é que sejam felizes com as oportunidades que abraçam!
    Tive oportunidade de o visitar há 2 anos e vi que afinal somos muitos com os mesmos sentimentos cá e lá...Encontrei-me com muitos jovens que vivem os mesmos sentimentos todos os dias . Eles por lá acabam por ser uma familia e isso conforta-me.
    Estou disponivel para dar uma palavra de conforto por saber o que passei e o que ele passou. A ajuda da persistência e os pensamentos positivos ajudam muito tanto aqui como lá...força!
    Desejo a quem parte as maiores felicidades. E quem sabe se quem parte não se encontra com quem lá deixei.. até pode ser o mesmo sítio, quem sabe? Eles lá acabam por formar uma comunidade. A vida é assim mesmo!
    Beijinho e estarei ao dispôr para uma palavras de conforto de mãe para mãe .
    Olha o "meu rebento" parte Quarta depois de uma curta semana por cá e em trabalho e de de uma ausência de 6 meses..as despedidas são hoje..por isso imagina que bem percebo o que sentes.<3
    Desejo-te um bom dia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És uma Mãe com M grande por teres um filho tão aventureiro, decidido e responsável, certamente tudo isso lhe deste no berço.
      Imagino o quanto deve ser difícil para ti, mesmo sabendo que foi o melhor para ele, estares tão longe do teu menino.
      A minha filha vai fazer um estágio de quatro meses em São Paulo, sei que passa num instante, mas o meu coração começa a ficar apertado.
      Obrigada pelas tuas palavras de conforto, animo e carinho e que o teu filhote faça uma boa viagem e tudo de bom para ele, que bem merece ser recompensado.
      Beijinhos

      Eliminar
  19. Obrigada pelas palavras carinhosas também. Vais ver que 4 meses passam num instante ( para onde vai nem sequer é África..),quando ela voltar vais sentir que tudo o que lhe vais transmitindo não foi em vão. Eles crescem tanto fora do conforto. Vá, estou por aqui para as horas mais apertadinhas, sei que elas existem ,temos é de superar e pensar que de certa forma estamos a contribuir para a felicidade deles!
    Beijinhos

    ResponderEliminar